quinta-feira, 23 de março de 2017

RESPEITO E TOLERÂNCIA

Respeito: substantivo masculino
1.ato ou efeito de respeitar(-se)
2.consideração, deferência, reverência

Tolerância: substantivo feminino
1.ato ou efeito de tolerar, indulgência, condescendência
2.qualidade ou condição de tolerante

Significados diferentes e que podem gerar diversas reflexões. Vamos sugerir três “provocações” iniciais:

     “Eu sou contra a tolerância, porque ela não basta. Tolerar a existência do outro e permitir que ele seja diferente ainda é pouco. Quando se tolera, apenas se concede, e essa não é uma relação de igualdade, mas de superioridade de um sobre o outro. Sobre a intolerância já fizemos muitas reflexões. A intolerância é péssima, mas a tolerância não é tão boa quanto parece. Deveríamos criar uma relação entre as pessoas da qual estivessem excluídas a tolerância e a intolerância.” ( José Saramago, in ‘Globo (2003)’

     “Tolerância é você dar aos outros todo o direito que você reivindica para si mesmo”
        (Filosofia hoje)

     Curta metragem de animação produzido na Bósnia Herzegovina dirigido por Ivan Ramadan, que recebeu diversos prêmios pelo mundo.


29 comentários:

  1. Marcio Gabriel Lopes Marek30 de março de 2017 14:58

    A Tolerância é ponto fundamental de respeito entre os seres humanos. Ela serve, acima de tudo, como o primeiro passo para a celebração das diferenças. Tolerar e Celebrar diferenças são coisas completamente diferentes. Tolerar é apenas entender que os outros são algo que você não seria. Já celebrar é compreender as diferenças de todos, e entender, fundamentalmente, que cada um tem sua peculiaridades e maneiras de se comportar perante a sociedade. Mas o questionamento que devemos fazer é, aceitar e celebrar, possui diferença? Basicamente,sim.
    Aceitar as diferenças de um individuo é entender que alguém não é igual a você, e apenas respeitar isso. Já celebrar, é alegrar-se pelas diferenças do próximo, e não apenas respeitar. A partir do momento em que você fica feliz por alguém que não é igual a você, você acaba não ficando feliz por ela ser diferente, mas, sem perceber, fica feliz por torná-la igual a você.

    ResponderExcluir
  2. Marcio Gabriel Lopes Marek30 de março de 2017 15:08

    Como continuação do comentário anterior, colocamos em questão o Respeito.
    Como definição, com base no dicionário, respeito seria:
    1.ato ou efeito de respeitar(-se).
    2.consideração, deferência, reverência.
    O respeito, a princípio, é o ato de consideração ao próximo. Considerações tanto quanto à aparência das pessoas, como à ideologia das mesmas.
    O respeito é a pedra-matriz da sociedade, e também é um ciclo. Assim como gentileza gera gentileza, respeito gera respeito. Quando alguém se sente respeitado, essa mesma pessoa compreenderá, ao menos em maioria, que outras pessoas a enxergam com consideração, e que não é apenas mais uma na multidão. Como resultado, essa pessoa deverá transferir respeito aos demais.
    Como conclusão, respeito não é o que devemos apenas mais velhos, e sim, é o que devemos ao mundo.

    ResponderExcluir
  3. Bianca Corrêa Matheus3 de abril de 2017 15:47

    O respeito para mim é ter consideração ao próximo. Se você quiser ser respeitado, também terá que respeitar o próximo, tem que respeitar a opinião. O respeito é algo que se aprende desde pequeno. Uma forma de demonstrar seu respeito pelo próximo é agradecendo, pedindo com as palavras certas.
    Tolerar é suportar.
    A tolerância é o ato de agir com condescendência e aceitação perante algo que não se quer ou que não se pode impedir.

    ResponderExcluir
  4. Respeitar me parece mais que tolerar. No entanto, não acredito que o tolerar seja tão ruim assim. Nem sempre temos facilidade de aceitar com igualdade o que não concordamos, e o "tolerar" entra nisso. Ainda que não seja o melhor sentimento diante de tanta diversidade que há, é um primeiro passo para refletir sobre o assunto.

    Quando uma opinião ou ato é muito avesso ao que concordamos ou cremos, não é fácil aceitar de uma vez, o que não nos dá o direito de agir contra nem maldizer, seja lá o que for. O tolerar prepara o caminho... o respeito vem com o tempo. Somos seres humanos... nosso processo de aceitação é gradativo.

    ResponderExcluir
  5. Respeitar me parece mais que tolerar. No entanto, não acredito que o tolerar seja tão ruim assim. Nem sempre temos facilidade de aceitar com igualdade o que não concordamos, e o "tolerar" entra nisso. Ainda que não seja o melhor sentimento diante de tanta diversidade que há, é um primeiro passo para refletir sobre o assunto.

    Quando uma opinião ou ato é muito avesso ao que concordamos ou cremos, não é fácil aceitar de uma vez, o que não nos dá o direito de agir contra nem maldizer, seja lá o que for. O tolerar prepara o caminho... o respeito vem com o tempo. Somos seres humanos... nosso processo de aceitação é gradativo.

    ResponderExcluir
  6. Respeitar me parece mais que tolerar. No entanto, não acredito que o tolerar seja tão ruim assim. Nem sempre temos facilidade de aceitar com igualdade o que não concordamos, e o "tolerar" entra nisso. Ainda que não seja o melhor sentimento diante de tanta diversidade que há, é um primeiro passo para refletir sobre o assunto.

    Quando uma opinião ou ato é muito avesso ao que concordamos ou cremos, não é fácil aceitar de uma vez, o que não nos dá o direito de agir contra nem maldizer, seja lá o que for. O tolerar prepara o caminho... o respeito vem com o tempo. Somos seres humanos... nosso processo de aceitação é gradativo.

    ResponderExcluir
  7. Respeitar me parece mais que tolerar. No entanto, não acredito que o tolerar seja tão ruim assim. Nem sempre temos facilidade de aceitar com igualdade o que não concordamos, e o "tolerar" entra nisso. Ainda que não seja o melhor sentimento diante de tanta diversidade que há, é um primeiro passo para refletir sobre o assunto.

    Quando uma opinião ou ato é muito avesso ao que concordamos ou cremos, não é fácil aceitar de uma vez, o que não nos dá o direito de agir contra nem maldizer, seja lá o que for. O tolerar prepara o caminho... o respeito vem com o tempo. Somos seres humanos... nosso processo de aceitação é gradativo.

    ResponderExcluir
  8. Tolerar é aceitar o que é diferente, seja cultura, ideias, gostos, cor, tipo do cabelo ou time de futebol. No entanto, como dito no primeiro texto provocativo, tolerar não basta, ninguém precisa da "permissão" do outro para ser diferente. Ser tolerante, no meu ponto de vista, é "aturar para não brigar", significa saber que o outro está ali, cada um com o seu, mas não significa sair do seu mundinho. Já o ato de respeitar é uma ação que vem de dentro, que nos impede de ter atitudes reprováveis em relação a outra pessoa. Deve ser um sentimento recíproco, já que respeitando que se é respeitado, isso acaba nos fazendo conhecer um pouco e entrar nesses vários outros mundos que existem. É compaixão! Reforçando o que o Marcio falou, o respeito é um ciclo e tem muita importância na interação social, suas atitudes refletem o que você é e voltam para você. Assim, vamos fazer somente aquilo que desejamos para nós mesmos para que possamos ter isso de volta e que esse ciclo respeitoso se torne vicioso!

    ResponderExcluir
  9. Nunca havia pensado sob o ponto de vista de Saramago. Sempre achei que tolerância fosse conviver com o outro sem se incomodar com as escolhas dele. Saramago coloca a ideia de tolerância de uma forma que nos faz pensar realmente se tolerar é o correto, pois, nesse ponto de vista, tolerar é "permitir" que o outro exista apesar de ser o outro.
    Somos todos iguais...seres humanos que têm o direito de sonhar, sorrir, amar, cantar, viver.

    ResponderExcluir
  10. Sarah Hatzlhofer dos Santos5 de abril de 2017 13:06

    O Brasil, ao ser colonizado, era composto de diversas religiões (cristã, vinda dos portugueses, umbanda, vinda dos africanos trazidos para trabalhar como escravos nos engenhos de açúcar, e a religião politeísta dos indígenas). A intolerância brasileira começou nessa época, com os lusitanos jesuítas desapropriando as demais crenças e impondo o catolicismo. Contudo, essa intransigência existe até os dias atuais, e não somente no Brasil.
    Dizer que tolerar algo não significa que ama-se esse algo, nem tão pouco aprecia-se ele; no entanto tem sentido de aceitar, compreender de modo com que não ocorra nenhum ato de violência. A tolerância obriga a respeitar, afinal gentileza gera gentileza. Trate os outros do jeito que quer ser tratado.
    O respeito é uma riqueza estruturada de ética, de amor e de generosidade. Quanto mais acatamento se dá, mais simpatia se recebe.
    Ainda usando como exemplo a chegada dos lusos, com intolerância e respeito, as desigualdades existentes hoje no Brasil não seriam tão intensas. É necessário compreender e demonstrar simpatia, para que possa existir no mundo paz.

    ResponderExcluir
  11. A tolerância é o ato de agir com condescendência e aceitação perante algo que não se quer ou que não se pode impedir.Uma pessoa tolerante normalmente aceita opiniões ou comportamentos diferentes daqueles estabelecidos pelo seu meio social. Este tipo de tolerância é denominada "tolerância social". A tolerância é tão importante para se formar uma sociedade, que a organização das nações unidas, estabeleceu que o dia 16 de novembro é o dia internacional para a tolerância. Esta é uma das muitas medidas da Organização das Nações Unidas para o combate à intolerância e da não aceitação da diversidade cultural. Esta data ainda visa a combater a intolerância religiosa, que consiste na falta de compreensão que algumas pessoas têm sobre o direito de cada indivíduo expressar a sua crença.
    Eros-3° colegial.

    ResponderExcluir
  12. Rodrigo Preti-3° Colegial:

    Ha vários outros tipos de tolerância que podemos citar, como a tolerância medicamentosa que é utilizado para designar a capacidade de um indivíduo para suportar determinados medicamentos. E a tolerância zero que é utilizado para definir o grau de tolerância a uma determinada lei, de forma a impedir a aceitação de alguma conduta que possa desviar o que foi previamente estabelecido.

    ResponderExcluir
  13. Heitor Cabral Camanho5 de abril de 2017 14:44

    Para mim respeito se trata simplesmente de uma ação na qual você aprende algo novo em relação a cultura da pessoa e aprende a respeita-la de forma como os outros respeitam a sua.Então respeito e quando você aprende a cultura de alguem e respeita como se fosse a sua
    E tolerância é algo que você aceita e tolera a ação daquela outra cultura e não da palpite sobre o que é imposto daquela religião

    ResponderExcluir
  14. Rafael Morereira-3° Colegial, Eros:

    O respeito é um dos valores mais importantes do ser humano e tem grande importância na interação social.O respeito impede que uma pessoa tenha atitudes reprováveis em relação a outra. Muitas religiões abordam o tema do respeito ao próximo, porque o respeito mútuo representa uma das formas mais básicas e essenciais para uma convivência saudável.Uma das importantes questões sobre o respeito é que para ser respeitado é preciso saber respeitar, o que em muitos casos não acontece. Respeitar não significa concordar com tudo o que falam, mas significa não discriminar ou ofender a pessoa por causa da sua forma de viver ou sua escolha.A palavra respeito é também uma forma de fazer referência a algo através de expressões como: "a respeito de", "com respeito a". Ha também a expressão "diz respeito" que indica alguma coisa que pertence ou é da responsabilidade de alguém.

    ResponderExcluir
  15. Laura Luiza-6° Ano, Eros:

    Tolerar é respeitar o próximo em qualquer situação. E perdoar a pessoa, mesmo ela fazendo alguma coisa má.

    ResponderExcluir
  16. Jhonny Su-6° Ano, Eros:

    Tolerar é o que a mãe faz ao ver a nota ruim que você tira.

    ResponderExcluir
  17. Luís Minelli-2° Colegial, Eros:

    Eu tenho um exemplo sobre respeito: Você tem uma opinião sore algo ou alguém, se for um pensamento bom, você até pode comentar com ela, mas se for algo ruim, respeite a pessoa, opinião boa ou ruim, você tem que respeitar. Temos exemplos de racismo hoje em dia, muitas pessoas praticam o racismo, mas elas tem que aprender a respeitar, coloque-se no lugar dela antes de falar ou fazer algo que possa ofendê-la. Assim com homossexuais, bissexuais, e até mesmo o preconceito com gordos. A sociedade de hoje em dia tem que aprender a respeitar tudo isso, por que só com o respeito, tolerância, responsabilidade e muitas outras características que podemos fazer do mundo um lugar melhor. Começando com o respeito.

    ResponderExcluir
  18. Renato Moreira Antunes5 de abril de 2017 15:42


    Um famoso senhor com poder de decisão, gritou com um diretor da sua empresa porque estava com ódio naquele momento.
    O diretor, chegando em casa, gritou com sua esposa, acusando-a de que estava gastando demais, porque havia um bom e farto almoço à mesa.
    Sua esposa gritou com a empregada que quebrou um prato.
    A empregada chutou o cachorrinho no qual tropeçara.
    O cachorrinho saiu correndo e mordeu uma senhora que ia passando pela rua,porque estava atrapalhando sua saída pelo portão.
    Essa senhora foi à farmácia para tomar vacina e fazer um curativo e gritou com o farmacêutico, porque a vacina doeu ao ser-lhe aplicada.
    O farmacêutico, chegando em casa, gritou com sua mãe, porque o jantar não estava do seu agrado.
    Sua mãe, tolerante, um manancial de amor e perdão, afagou seus cabelos e beijou-o na testa, dizendo-lhe:
    – “Filho querido, prometo-lhe que amanhã farei os seus doces favoritos.Você trabalha muito, está cansado e precisa de uma boa noite de sono. Vou trocar os lençóis da sua cama, pôr outros bem limpinhos e cheirosos para que você descanse em paz. Amanhã você vai se sentir melhor.”
    E abençoou-o, retirando-se e deixando-o sozinho com os seus pensamentos.
    Naquele momento, rompeu-se o círculo do ódio, porque ele esbarrou-se com a TOLERÂNCIA, a DOÇURA, o PERDÃO e o AMOR.
    Se você está, ou se colocaram você em um círculo do ódio, lembre-se de que com TOLERÂNCIA, DOÇURA, PERDÃO e AMOR pode-se quebrá-lo.
    ( Autor desconhecido )
    A tolerância não é merecida ou conquistada, ela é concebida.

    ResponderExcluir
  19. Renato Moreira Antunes5 de abril de 2017 15:47

    A verdadeira tolerância está em jamais permitir que a violência e a opressão intimidem o respeito à dignidade da vida humana e a igualdade entre as pessoas.
    Daisaku Ikeda

    ResponderExcluir
  20. Prineiramente respeito é algo que se deve ser praticado da seguinte forma, aquilo que vc nao deseja a vc não faça ao outro, dessa forma do mesmo jeito que vc nao gosta de um certo comentario outra pessoa pode nao gostar. E tolerancia é aquilo que vc deve exercer a todos, da seguinte forma: se alguma opiniao de terceiros é oposta a sua, mesmo vc sendo contra deve argumentar mas tolerar essa opinião.

    ResponderExcluir
  21. Giulia Parpinelli5 de abril de 2017 16:08

    Concordando com José Saramago, a intolerância é horrível, mas a tolerância também não é boa, já que com essa, apenas é evidenciada a superioridade, não a igualdade, só se "tolera".
    Já o respeito, é mais do que fundamental para que haja uma boa convivência, bom desenvolvimento de uma sociedade, visto que cada indivíduo tem que ser respeitado dentro de seu contexto, desde que não esteja prejudicando o próximo!!! É necessário respeitar e ser respeitado.

    ResponderExcluir
  22. Respeito é algo que se deve ter com todos, da segunte forma:aqulo que vc nao gostaria que fizessem a vc nao faca ao proximi e aqulo que gostia que fosse feito a vc como una gentileza pratique-a. Ja tolerancia é aceitar todas as opinioes mesmo indo contra mas sim mostrando seu lado a respeito mas sempre tentando entrender o lado do outro

    ResponderExcluir
  23. Viver em democracia não representa apenas o ato de eleger um representante político por meio do voto, mas também promover as liberdades de expressão e de religião. Através desse meio é possível identificar dois pontos importantes que são o respeito e a tolerância.
    Originada do latim “respectus”, a palavra respeito simboliza a ação de olhar outra vez, ou seja, tudo aquilo que merece um segundo olhar. É considerado um dos vocábulos que possui maior valor em termos humanitários e pode ser encontrado em simples feitos cotidianos. Já a palavra tolerância indica a atitude de aceitar aquilo que não se pode interferir, também foi provida do latim, “tolerare”.
    Ambas as definições se correlacionam à prática democrática, e é de notável percepção a grandiosidade dos problemas políticos, econômicos e sociais pelos quais a maioria da população é submetida em diversas localidades. Agir de forma respeitosa e tolerar certos pontos existentes pode acarretar na atenuação desses quesitos negativos. Há, inclusive, a perquirição sobre o etnocentrismo, o qual determina que uma cultura seja superior a outras, o que explicita a falta de tolerância.
    Portanto, há de se ponderar todos os feitos realizados por todas as pessoas para que haja melhor adequação social e que o mundo seja um lugar bem melhor para todos. Vale ressaltar que, atitudes desmoralizantes, em que há o corte da integridade alheia, não devem ser toleradas, e sim, discutidas no intuito de encontrar solução para o mesmo.

    ResponderExcluir
  24. Respeito e tolerância são as duas coisas que mais estão faltando na sociedade hoje em dia, respeito é necessário para nós vivermos felizes, sem julgar um ao outro e sem julgar suas opções, sejam elas quais forem.
    Tolerar alguém acima de tudo é respeitar essa pessoa, todos são livres para ter sua própria opinião, desde respeite a do próximo.

    ResponderExcluir
  25. Muitas pessoas precisam aprender sobre isso... aprender a respeitar e tolerar a opinião dos outros. Só pq uma pessoa tem uma opinião diferente da sua vc n precisa mudar sua opinião (Tolerar) e n tem q xingar ou até mesmo bater (Respeitar). Por isso q vemos tantas mortes q são causadas por intolerantes q n respeitam ninguém... q n tem a empatia de pensar " E se fizessem isso cm alguém q eu gosto?". Respeitar e tolerar é lidar cm opiniões de aceitar o outro e se aceitar. Vamos respeitar e tolerar pra fazer deste mundo um lugar agradável para nós!

    ResponderExcluir
  26. Luiz Carlos Blanes6 de abril de 2017 05:20

    Respeito, tolerância...deve-se continuar sempre a discussão, principalmente nos tempos que estamos vivendo.Mas o ponto fundamental para uma visão mais aprofundada é como "enxergarmos" o outro. Parece que o ser humano não é capaz de olhar o outro como um todo - com suas diferenças e semelhanças. Pode-se descobrir os outros em si mesmo, e perceber que não se é uma "substância homogênea", e radicalmente diferente de tudo o que não é si mesmo; eu é um outro. Mas cada um dos outros somos nós também e reconhecer esse fato, ao mesmo tempo gera a intolerância e o não reconhecimento do outro como parte constituinte da grande diversidade humana.

    ResponderExcluir
  27. Tema fundamental a ser debatido!
    Se por um lado a tolerância é positiva, pois está ligada à ideia de respeito ao outro, é necessário - como já colocaram em outro comentário - entender qual o limite do que se deve ou não tolerar. Atitudes que ferem a dignidade humana não podem ser toleradas, precisam ser debatidas, entendidas e combatidas. Podemos usar como referencial a Declaração Universal dos Direitos Humanos para pensar essa questão.
    O texto do Saramago, por sua vez, nos coloca um ponto importantíssimo: a tolerância deve ser crítica. Devemos avaliar a nós mesmos se não nos escondemos atrás de uma suposta tolerância que na verdade é desrespeitosa e alimenta velhas desigualdades e preconceitos que deveriam ser superados. Creio que seja isso, respeito, tolerância e autocrítica sempre!

    ResponderExcluir
  28. Respeitar é aceitar que somos diferentes e que necessitamos um do outro, não em uma relação de interdependência simplesmente, mas em uma condição de complementariedade, continuidade e integralidade da vida. Por sua vez, a tolerância caminha junto com o respeito. Não faço para os outros o que não gostaria que fizessem comigo. A tolerância tem limite, pois esbarra no respeito.

    ResponderExcluir
  29. A intolerância remonta desde a Idade Antiga, por isso é fundamental que as pessoas tenham a consciência que tolerar não é suficiente.
    As pessoas não têm o direito de desrespeitar ou julgar as pessoas por atitudes, religião, raça, sexo e qualquer outra coisa.
    Por isso pense antes de julgar, pois aquilo que você faz pode não estar certo para alguém.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!